Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 8 de maio de 2013

DISTÂNCIA





o velho pavilhão chinês enche-se de memórias
os longos cabelos ao vento do crepúsculo
desposam o sorriso róseo de teus lábios

usarás para sempre as tranças da infância?
há uma distância que me separa da tua inocência
onde nem o mais puro desejo derruba fronteiras

talvez voltes um dia a preencher os meus dias
no sono eternizado de poemas lavrados no coração
êxtase de uma noite em quietude sem estremas

um amor para além das palavras dos gestos  
do estulto tempo das exigências humanas




O GALO CANTA





o galo canta
tenho asas posso voar dentro de mim
até à sombra das sensações

há palmeiras rodeadas de rochedos
há uma geada eterna no sopé da montanha
um rio que corre para nascente

nos cabos gaivotas cruzam com as asas os raios de sol
jardins ornados a vagas e sargaços vesiculosos
tudo em mim floresce





TEMPO DE ESCURIDÃO





as porcas tarefas deste mundo

quem abre a janela por uma vez que seja
em suave voo lerá todas as paisagens
beijará a boca do próprio beijo

neste tempo de escuridão
que se cala e adormece no peito ofendido dos oprimidos
odiosos são os tronos dos mascarados


http://www.homeoesp.org/livros_online.html