Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

TIA CÂNDIDA



Hora de vindima
Fruto espezinhado
No grande lagar de granito

Os mesmos pés que a vida pisa
Pisam agora os cachos
Com carinho

E tu
Minha tia
Minha mãe

Que da terra cuidaste
Como quem de criança cuida
Às agruras do tempo sujeita

Tão velhinha
Ausente
Desta tua Criação


Sem comentários: