Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 1 de julho de 2011

CAMINHO DA LIBERTAÇÃO - 35




35. –
É este, talvez o momento indicado para que falemos da visualização.
Podemos visualizar praticamente tudo o que quisermos e que esteja ao alcance da nossa imaginação. São inúmeros os meditantes que a utilizam no seu quotidiano, imaginando tudo o que pretendem que lhes aconteça, entre outros, o sucesso nos negócios e na profissão, em actividades a que se estejam a dedicar, no crescimento espiritual, abandono de hábitos e vícios – jogo, álcool, tabaco, drogas, compras compulsivas –, na melhoria ou erradicação de factores predisponentes ou já instalados de distúrbios e deformações da personalidade.
A visualização é extraordinariamente útil quando estamos doentes. O seu poder sugestivo é enorme, já que o ser humano é uma criatura extremamente sugestionável e influenciável, dando-nos prova disso os recentes avanços da Medicina Psicossomática.

Comecemos por relaxar o nosso corpo e mente. Deitados (16 e 17) ou sentados (18), num ambiente de recolhimento, fechemos os olhos imaginando um ecrã de cinema onde faremos desenrolar as cenas com as finalidades que pretendemos atingir. Imaginemo-las ao pormenor, em toda a sua cor, forma e movimento. Vamos escolher com minúcia e adequadamente os intervenientes e situações.
Acreditemos energicamente, com toda a nossa vontade, que os desejos propostos serão efectivamente realizados.

No caso de doença, depois de termos colhido as necessárias informações atinentes à fisiologia e patologia inerentes à enfermidade, vamos visualizar o órgão atingido ou o aparelho afectado, com o auxílio de gravuras constantes de livros de informação médica. Visualizemos as partes patologicamente afectadas a funcionar de modo correcto e fortificando-se.
Vamos inverter todo o processo patológico, corrigindo mentalmente as anomalias que estão a ocorrer.
Imaginemos que o sistema imunitário se fortalece e que as defesas do organismo estão a debelar infecções e a destruir ou reconstituir células doentes.
Este procedimento pode ser bastante proveitoso em sede de doenças incuráveis, como no caso de carcinomas – visualizando-se a erradicação das células cancerígenas e a regressão dos tumores – e do HIV – podendo aqui visualizar-se a produção de células CD4 e a expulsão do vírus do organismo.


JOSÉ MARIA ALVES
www.homeoesp.org


Sem comentários: