Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 1 de julho de 2011

CAMINHO DA LIBERTAÇÃO - 2





2. –
Neste Caminho não podemos contar com as religiões, seitas, mestres ou gurus, vendedores de paraísos empacotados ou nirvana por correspondência. Teremos de contar apenas connosco, com as nossas experiências, com o nosso sentido crítico e desejo de libertação.
Os exercícios narrados nalguns dos artigos, possivelmente não nos serão gratos na sua totalidade, mas sejam eles quais forem, devem ser entendidos como o espinho que da carne retira um outro espinho; cumprida que esteja a sua função rejeitam-se os dois.
Alguns deles constituem-se como práticas ancestrais comprovadas por místicos de diversas religiões, por deístas e até por ateus, na sua incessante busca da beatitude.
A vereda sinuosa será sempre vossa e a que nós agora trilhamos mais não é do que uma experiência ilustrativa de caminho alheio.

Todos desejamos uma existência mais equilibrada, saudável e tranquila neste mundo perturbado e alvoroçado. Mas, nem “comemos o fruto” nem abrimos a nossa própria mão no único local onde reside a libertação, a paz sem fim, isenta das astúcias do pensamento.


JOSÉ MARIA ALVES
www.homeoesp.org


















1 comentário:

Nina Pilar disse...

é verdade, pra ser livre temos muitos ainda há conquistar, muitas bandeiras pra levantar e um caminho árduo a percorrer, não existe conquistas sem lutas...
ótimo teu texto.

beijinhos e uma ótima sexta feira...