Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 1 de julho de 2011

CAMINHO DA LIBERTAÇÃO - 17




17. –
Chegou o momento de iniciarmos o processo de distensão total.
Concentremo-nos nos pés, começando nos dedos. A sensação de formigamento vai aumentando progressivamente.
Desloquemos calma e pacientemente a nossa atenção percorrendo os pés na direcção das pernas. É bastante provável que por força da imobilidade, nesta altura, os braços e mãos já estejam bastante distendidos.
Vamos dirigir a nossa atenção para as pernas, num movimento ascendente.
Agora, façamos o mesmo com os braços, começando nos dedos das mãos e subindo até aos ombros.
É tempo de relaxar o tórax. No princípio poderá parecer-nos que os progressos são diminutos. Não desesperemos. Os melhores resultados só surgem com o tempo, a persistência e na maior parte das vezes, inesperadamente.
Por outro lado, se com o processo de relaxamento não tivermos êxito no estado de recolhimento, nunca o iremos atingir em todas ou praticamente todas as situações do nosso quotidiano.
Passemos agora ao pescoço, seguindo-se a cabeça. Os músculos da face, o couro cabeludo, a nuca. Esta é a parte do corpo que exigirá mais cuidados, concentração, tempo e energia.


JOSÉ MARIA ALVES
www.homeoesp.org


Sem comentários: