Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 28 de julho de 2010

ANTÓNIO JOSÉ QUEIRÓS (1954) - MANHÃ



De manhã há um sorriso
que se abre na tua boca
como uma rosa orvalhada.

Acolho-me à sua luz
como um corpo cansado
à brancura do linho.

Faz dele a morada
onde eu viva para sempre.

Sem comentários: