Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 5 de julho de 2010

SER O QUE SOU






Sozinho ao sol

Os raios quentes penetram-me a carne
E eu não penso nada

Uma brisa percorre
Lentamente o meu corpo
E eu sei sem saber porquê
Sei que a minha alma me basta
Sem que possua ou seja possuído
Sem dono
Sem escravo
Sem nada

Sei que me basta ser natural

Ser o que sou
O animal humano que Deus gerou

Ser
Apenas

Ser

Como a árvore frondosa
Que no silêncio da tarde
Deixa que lhe tirem os frutos
E abençoa com a sua sombra
Todos os que a procuram
Como a luz da candeia que ilumina
A igreja e o presídio o padre e a prostituta
O santo e o ladrão
Ou a chuva que alimenta e faz crescer
O pão e as ervas daninhas


Quem me dera que os meus dias
Fossem passados com a paz de uma flor ou
Das paredes brancas da casa grande da colina
A afagarem o Sol e a Lua
Sendo o que sou por sê-lo
Tal como a flor exala o seu perfume
Sem saber qual o seu odor
E a parede a sua alvura sem saber a sua cor

E assim
Ser o que sou
Apenas
Ser


JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org/

4 comentários:

Anónimo disse...

Caro Jose Maria
Minha neta tem dois anos e cinco meses e tem um sono agitado: se debate, chora, grita, rola na cama e, outro dia, levantou-se, e correu chorando pela casa, ainda dormindo, num episodio que, aqui no brasil, chamamos sonambulismo. Gostaria de sua orientação e, caso receite um remédio homeopático, a dosagem que devo administrar. Já falamos com o pediatra e ele disse que nada podia ser feito por causa da tenra idade. Minha nora, não tem um repouso adequado pois fica em estado de alerta com medo que a menina se machuque enquanto dorme. Fico muito grata pela sua atenção, pois as indicações que o senhor mandou para mim foram tão eficientes que ouso pedir a sua ajuda novamente. Atenciosamente Ana Maria

José Maria Alves disse...

Boa tarde Ana Maria

Já respondi no outro artigo - LUÍS DE CAMÕES - DEDICATÓRIA.

Abraço.

Zé Maria Alves

Coruja disse...

Então... não deixe de ser.. o que é...

Muito lindo o seu poeminha.
Um beijo e cuidado com o sol...

Ainda não reportei... porque ainda não comecei... :).

Sabe, há dias, o Luís Ferreira contava-me muito entusiasmado da sua participação como professor no curso do Brasil... continua tudo igual... ?

Um beijo e cuidado com o sol... :)

José Maria Alves disse...

Boa tarde Amiga Coruja

Vou tentar não deixar de ser o que sou e ter cuidado com o sol. Duas coisas bem difíceis de realizar, mas não impossíveis (estou a sorrir).

Quanto ao Brasil, tenho feito todos os possíveis, e a minha ideia inicial era a de deixar alguém com qualificações, conhecedor dos HSF e que pudesse acompanhar o Movimento, pelo menos nos seus primeiros passos. Tinha a pessoa ideal, mas nem sempre as nossas expectativas têm correspondência com a realidade... Entenda-me, inexistem aqui quaisquer críticas, até porque as circunstâncias ou causas que produzem determinados efeitos, não são estáticas.

Como tenho a experiência dos HSF-Portugal, acabo por presentir ou intuir a evolução deste tipo de organizações. E a experiência portuguesa não é verdadeiramente um exemplo, aliás como as restantes, excepcionando-se talvez, as da França e de Madagáscar.

No Brasil, os HSF só poderão sobreviver com uma devoção constante de alguém que esteja completamente disponível. E, mesmo assim, nunca saberemos até que ponto as forças desse voluntário irão suportar reveses e desilusões.

Enfim...

Um abraço e ainda bem que gostou do poeminha.

Zé Maria Alves