Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 1 de junho de 2010

LIU ZONGYUAN (773-819) - NEVE NO RIO






Sobre mil colinas, nem um voo de ave.
Em dez mil veredas, vestígio algum de passos.
Uma barca solitária, um velho de capa e chapéu de palha,
Pescando, solitário, na neve do rio gelado.

Tradução de Gil de Carvalho

Sem comentários: