Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

terça-feira, 1 de junho de 2010

CAO CAO (155-220) - CONTEMPLANDO O MAR AZUL







De Leste chegou a Jieshi
Para olhar o Mar Azul.
Para onde baloiçam as águas?
Ilhas montanhosas emergem.
Crescem árvores em abundância,
Luxuriante, a erva.
Sussurra o vento de Outono,
Elevam-se as ondas do rio.

Viajando, o Sol e a Lua,
Parecem surgir no meio delas,
A Via Láctea, brilhante,
Parece crescer dentro delas.

Como estou feliz,
Canto esta canção para a eternidade.

Tradução de Li Ching

Sem comentários: