Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 10 de maio de 2010

DINO CAMPANA (1885-1932) - FLORENÇA





Por entre as pontes tuas multicores
O Arno pressago aquieta-se de areia
E nos reflexos calmos mal desfeita
Severos arcos no esfolhar das flores.

Azul estremece o arco entre colunas
Lançado a meio de palácios belos:
Alvas estrias pelo azul: anelos:
E branca juventude nas colunas.

Tradução de Jorge de Sena

Sem comentários: