Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 16 de abril de 2010

TOON TELLEGEN (1941) - EU PODIA ESCOLHER






Não tinha ideia.
Escolhi a paz.

A verdade e a beleza
deixei-as ir,
e também a sageza e a nostalgia –
até o amor,
que tão embevecido me olhava,
negras nuvens com ele se deslocavam.

Paz, era paz.
E nos recônditos da minha alma
dançavam seres
de que nunca tinha sequer ouvido!

E no céu pendia um outro sol.

Tradução de Fernando Venâncio

Sem comentários: