Este diário complementa o nosso site pessoal

( VER ETIQUETAS NO FIM DA PÁGINA )

USE O PESQUISADOR DO BLOGUE -

-

OS TRATAMENTOS SUGERIDOS NÃO DISPENSAM A INTERVENÇÃO DE TERAPEUTA OU MÉDICO ASSISTENTE.

ARTE

Pesquisar neste blogue

domingo, 30 de novembro de 2008

NASRUDIN CREDOR E DEVEDOR


Nasrudin bateu à porta de um vizinho.
“Amigo, estou pedindo ajuda
Para um desgraçado, bom homem
Que não consegue pagar dívida antiga.”
“Nobre atitude”, disse o vizinho
E deu-lhe uma moeda de prata.
“Já agora Mullá, diga-me quem é esse homem?”
“Eu mesmo”, disse enquanto se afastava.


Ainda não estava decorrido um mês
O Mullá bateu à porta do mesmo vizinho.
Este, precavido, disse:
“Novamente por causa de dívida, presumo?”
“Tem razão.”
“Suponho que seja você o devedor.”
“Desta vez não.”
“Prezo em ouvi-lo e à acção.”
Entregou uma moeda que Nasrudin guardou.
“Antes de ir, diga-me,
O que neste caso o fez pedir?”
“Sou eu o credor.”


JOSÉ MARIA ALVES
http://www.homeoesp.org


Sem comentários: